• 1
  • 2
  • 3

Convite de abertura oficial do Programa Flor de Lis

Nesta quarta-feira, 30 de outubro, será lançado o projeto Flor de Lis de enfrentamento à violência doméstica contra a mulher, no Teatro Gigi, em Tabapuã.

O evento será conduzido pela juíza de Direito Patrícia da Conceição Santos e a promotora Bruna Maria Buck Muniz e contará com a presença da prefeita Maria Felicidade e outras autoridades.

O projeto foi idealizado com o propósito de reduzir os casos de violência doméstica e implementar políticas de proteção às vítimas, promover a justiça e a equidade social, bem como a reinserção familiar dos autores.

A proteção do núcleo familiar, caso também tenha sido afetado, também faz parte do escopo do projeto.

Segundo a secretária de Assistência Social de Tabapuã, Rosimeire Krauniski, o projeto é resultado do trabalho de diferentes instituições. “Infelizmente, tivemos crimes impactantes relacionados à violência contra a mulher na cidade e na Comarca nos últimos anos. Para reverter esse quadro, diferentes órgão públicos e entidades da sociedade civil se uniram. É um projeto jovem, mas que já começa a apresentar resultados”, afirmou.

O Flor de Lis nasceu de um esforço conjuntos de diversas instituições, como o Poder Judiciário, Ministério Público, OAB, Polícia Civil, Polícia Militar, Guarda Municipal e as prefeituras da Comarca Tabapuã, Catiguá e Novais.

Entre os órgãos das prefeituras municipais participantes do projeto estão os conselhos tutelares, secretarias de Saúde, Educação e Assistência Social, CRAS, CREAS e Órgão Gestor.

O Projeto também conta com o apoio de empresas e entidades privadas, como as Usinas COFCO, unidades de Catanduva e Potirendaba, Usina São Domingos, Grupo Scandelai, Rede de Supermercados Mais, unidades de Tabapuã e Catiguá, Clube do Peão, Igrejas e Associação dos Caminhoneiros.