• 1
  • 2
  • 3

Vamos brincar de índio?

 

Foi com essa pergunta que as professoras das escolas de ensino infantil da rede municipal de ensino de Tabapuã deram início às comemorações ao dia do índio.

 

Com direito a cocar e caras pintadas, os alunos puderam brincar de como ser um índio, cantando e dançando músicas clássicas sobre a data, além de aprender diversas curiosidades sobre a cultura indígena, como sua língua, seus costumes e vestimentas.

 

Para a diretora de uma das escolas, embora os índios hoje sejam apenas uma mínima parcela da população brasileira, ainda são extremamente importantes para a história e contextualização da nossa sociedade. “ Não podemos deixar de citá-los e mostrar as crianças o quão importante eles foram e são para nossa atual sociedade. Temos que mostrar pra elas ( crianças), que todo mundo tem seu espaço e que não é porque são diferentes de nós que não devemos os respeitar.” Diz Valéria Cristina kraunisk Bolzani, diretora da E.M.E.I Cesira Baratela de Toledo.

E você se lembra de alguma música sobre os índios de sua época de escola?